quinta-feira, novembro 26, 2009

DEUSA


Há dois séculos, em uma premiação do Video Music Awards (VMA), Kanye West tomou o microfone da mão de Taylor Swift, a vencedora da categoria melhor clipe, e disse que o clipe do ano era o de Beyoncé.
Deu a maior confusão e muita gente caiu em cima do maleducado, inclusive o Nobel da Paz, Barack Obama.
Olhando retrospectivamente, com distanciamento temporal, este Gordo ousa dizer que West estava coberto de razão e não precisava ter se desculpado pelo que fez.
Taylor Swift vende muito mas é uma cantorazinha comum.
Beyoncé é outro departamento.

Um comentário:

Marcelo disse...

É senhora de belas pernas vocais. É dona, inconteste, de um cantinho gostoso. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk