quarta-feira, setembro 16, 2009

ALOFENO

- ‘Cê não entende nada de marketing. Importante é a embalagem. Uma embalagem bem transada agrega valor.
- Sanduíche natural pra vender bem tem de ser gostoso, só isso.
- Você pode vender o sanduíche embrulhado no papel laminado, mas aí seu produto é igual ao de vários concorrentes. Uma embalagem bem engendrada fará do seu um produto diferenciado.
- Mas encarece o produto. Teremos de repassar esse custo para o cliente final.
- Repassaremos e o público-alvo pagará. Acompanhe-me. Faremos a embalagem em papel reciclado verde. Escreveremos o nome do sanduíche: SANDUVITA. Informaremos na embalagem que o pão de nosso produto não contém Alofeno, porque é assado em fornos movidos a energia eólica. Para ficar bem claro, imprimiremos: “Sem Alofeno. Contém Delta 7”.
- Alofeno, Delta 7?
- Basta dizer que o Alofeno, além de agredir a camada de Ozônio, engorda. Já o Delta 7 é um eficaz inibidor de radicais flutuantes.
- ???
- Diga que esses radicais flutuantes são os maiores causadores de ataques cardíacos e tumores no cérebro. Se você perceber dúvida, informe que saiu na Veja. Ninguém lê revista, mesmo.
- Os sanduíches serão de frango e atum?
- Não é só isso. Você precisa ser proativo. Não vai estar escrito na embalagem, mas informe ao cliente que nossos frangos são criados em quintal, livres. São frangos que tiveram vida feliz. Não há perigo de terem trazido em sua carne energia ruim. Mencione que os atuns são criados em Araruama e só são abatidos depois que atingem a vida adulta. São mortos com injeção que não provoca dor, ouvindo Roberto Carlos.
- Acho que vai dar certo.
- Se fizermos isso, podemos cobrar 10 pratas o sanduba. E lembre-se, depois de feita a venda, fale ao cliente com semblante entre sério e exultante: “O Planeta Terra agradece sua opção pela vida”.

Um comentário:

belchior disse...

hahahahahahhahahahah... putz, gordo, só você, cara. ahhhh, antes que me esqueça: "linda flor" é o cacete!!!